CPAP FIT CPAP FIT
Carrinho
de Compras
Seu carrinho ainda
está vazio :(
Navegue pela loja e encontre os
produtos que você procura.

VPAP AirCurve 10 ST-A com Umidificador - Resmed

Cod. do Produto: 222
VPAP AirCurve 10 ST-A com Umidificador - Resmed
Cod. do Produto: 222
Consulte-nos!
  • *Campos Obrigatórios.
    • Selecione o Tamanho:
    • Selecione a Cor:
      • Unico
Loja Segura

Preencha o formulário acima e entraremos em contato assim que possível!

Você também pode gostar de

Ajax Loader

Descrição do Produto

A- A A+

O AirCurve 10 ST-A fornece ventilação não invasiva eficaz para pacientes com insuficiência respiratória, como doença neuromuscular, distúrbios restritivos, síndromes graves de DPOC e hipoventilação.

Possui iVAPS (suporte inteligente de pressão garantida por volume), modo proprietário da ResMed que se adapta automaticamente a cada paciente e suas necessidades de mudança e uma taxa de backup inteligente (iBR) que maximiza sua oportunidade de respirar espontaneamente. O AirCurve 10 ST-A inclui alarmes fixos e ajustáveis para maior segurança, conectividade celular com o AirView para monitoramento remoto (para profissionais e revendas) e no atendimento ao paciente.

Personalização simplificada:

Como parte da família ResMed Air Solutions, líder do setor, o AirCurve 10 ST-A possui os mesmos controles amigáveis, interface e tela LCD colorida e intuitiva como os outros dispositivos Air10. Indicações de utilização:

O AirCurve 10 ST-A é indicado para fornecer ventilação não invasiva para pacientes com peso superior a 13 kg com insuficiência respiratória ou apneia obstrutiva do sono (AOS).

O modo iVAPS é indicado para pacientes com peso igual ou superior a 30 kg.

O AirCurve 10 ST-A destina-se ao uso doméstico ou hospitalar.

Modos de Tratamento:

Modo CPAP:

No modo CPAP, uma pressão fixa é fornecida.


Modos de dois níveis (Bipap/Vpap):

O dispositivo AirCurve 10 ajuda a respiração espontânea alternando entre duas pressões em resposta ao fluxo do paciente ou em um tempo fixo pré-definido.

A pressão inspiratória positiva nas vias aéreas (IPAP, ou a soma de EPAP e o nível de pressão de

suporte) ajuda a inspiração.

A pressão expiratória positiva nas vias aéreas (EPAP) mais baixa facilita o conforto na expiração e fornece um suporte para manter a via aérea superior aberta. A diferença entre as duas pressões – o nível da pressão de suporte (PS) – contribui para melhorar a ventilação do paciente.


Modo S (Espontâneo):

No modo S, você pode definir duas pressões de tratamento – uma para a inspiração (IPAP) e outra para a expiração (EPAP). O dispositivo detecta quando o paciente está inspirando ou expirando e fornece as pressões de acordo com isso. A diferença entre os níveis de IPAP e EPAP ajuda a determinar o volume corrente.

Modo ST (Espontâneo/Temporizado):

No modo ST, o dispositivo aumenta todas as respirações iniciadas pelo paciente, mas também fornece respirações adicionais caso a frequência respiratória do paciente caia abaixo da frequência de apoio definida.


Modo T (Temporizado):

No modo T, uma frequência respiratória fixa e um tempo de inspiração/expiração fixo são fornecidos independentemente do esforço do paciente.

Modo PAC (Pressão Assistida Controlada):

O tempo de inspiração é predefinido no modo PAC. Não há transição espontânea/por fluxo. A inspiração pode ser acionada pelo paciente quando a frequência respiratória estiver acima de um valor predefinido ou uma respiração acionada pelo tempo será fornecida na frequência de apoio definida.


Modo iVAPS (Pressão de suporte com garantia de volume inteligente)

O iVAPS foi criado para manter uma ventilação minuto alveolar com alvo predefinido monitorando a ventilação fornecida, ajustando a pressão de suporte e fornecendo uma respiração de apoio inteligente de forma automática. O modo de terapia iVAPS é indicado para pacientes com peso igual ou superior a 30 kg.


Frequência de apoio inteligente (iBR):

Apenas nos modos ST e iVAPS. Em vez de exigir uma frequência de apoio fixa, a frequência de apoio inteligente (iBR) alternará automaticamente entre dois limites.

Durante uma apneia prolongada, a iBR adotará uma Frequência Alvo do Paciente pré-configurada.

Esta Frequência Alvo do Paciente define o limite superior para a iBR. Defina a Frequência Alvo do

Paciente de modo a corresponder à frequência espontânea média do paciente (ao contrário da frequência de apoio tradicional).

Durante a ventilação espontânea, a iBR ajusta-se para permanecer em segundo plano, a 2/3 da

Frequência Alvo do Paciente. Esta frequência de apoio de “segundo plano” é mais baixa que a frequência S/T tradicional, portanto confere ao paciente uma melhor oportunidade de acionamento espontâneo.

Quando o acionamento espontâneo termina (p. ex., no início de uma apneia/hipopneia), a iBR ajustasse de sua frequência de segundo plano para a Frequência Alvo do Paciente no modo iVAPS e ajustasse mais rápido (dentro de 4 a 5 respirações) quando a ventilação está abaixo do alvo. No modo ST, a iBR ajusta-se à Frequência Alvo do Paciente de forma fixa, em 5 respirações.

Uma única respiração acionada espontaneamente redefine a iBR para a sua frequência de segundo

plano (2/3 da Frequência Alvo do Paciente).


Acionamento e ciclagem:

Apenas nos modos S, ST e iVAPS

O dispositivo tem sensibilidade ajustável de acionamento/transição para otimizar o nível de detecção de acordo com as condições do paciente.

Em condições normais, o dispositivo é acionado (inicia IPAP) e alterna (termina IPAP e muda para EPAP) quando detecta a mudança no fluxo do paciente. A detecção da respiração do paciente é aumentada pelo controle automático de fugas VSync da ResMed


TiControl - Controle do tempo de inspiraçãoApenas nos modos S, ST e iVAPS

Exclusivo dos dispositivos de dois níveis da ResMed, o TiControl™ permite ao médico estabelecer os limites mínimos e máximos de tempo que o dispositivo passa em IPAP. Os limites mínimos e máximos são definidos em qualquer um dos lados do tempo de inspiração espontâneo ideal do paciente, proporcionando uma “janela de oportunidade” para que o paciente alterne espontaneamente para EPAP.

O tempo limite mínimo é definido através do parâmetro Ti Min e o tempo limite máximo é definido através do parâmetro Ti Max.

Os parâmetros Ti Min e Ti Max do TiControl desempenham um papel significativo na maximização da sincronização por intervir eficazmente para limitar ou prolongar o tempo de inspiração, quando necessário. Isso assegura a sincronização, mesmo na presença de fuga significativa pela boca e/ou pela máscara.


Ajuste do tempo de subida:

Modos S, ST, T, CPA e iVAPS

O tempo de subida define o tempo necessário para que o dispositivo alcance IPAP. Quanto maior o tempo de subida, mais tempo será necessário para que a pressão aumente de EPAP para IPAP.

Os pacientes com alta demanda ventilatória podem preferir um tempo de subida menor, enquanto os pacientes que respiram lentamente podem preferir um tempo de subida maior.

Observação: Um tempo de subida prolongado inibe a pressurização rápida, portanto, o tempo de subida não deve ser mais longo do que Ti Mín ou do que o tempo de inspiração normal do paciente.

Controle de fugas com VSync

Usando o algoritmo VSync da ResMed, o dispositivo AirCurve 10 monitora e compensa as fugas de forma contínua e automática, ajustando o fluxo da linha de base. Isso permite o fornecimento confiável de pressão durante a terapia, mantendo a sincronia paciente/dispositivo.

Recursos de conforto:

Rampa

Criada para tornar o início do tratamento mais confortável, a rampa está disponível em todos os modos.

Nos modos S, ST, T, CPA e iVAPS, a EPAP aumenta gradualmente a partir da EPAP inicial até a pressão de tratamento prescrita. Ao longo da rampa, a pressão de suporte é mantida no mesmo nível definido para o tratamento.

No modo iVAPS, a pressão de suporte é mantida no valor mínimo (PS Mín).


Decréscimo:

Modos S, ST, T, CPA e iVAPS

Ao parar a terapia, o Decréscimo dá aos pacientes a opção de reduzir gradualmente a pressão de suporte e a EPAP, oferecendo uma transição mais confortável para a respiração espontânea. O

Decréscimo reduz gradualmente a pressão atual ao longo de um período fixo de 15 minutos, até a

EPAP Inicial ser alcançada. O dispositivo permanece no modo CPAP com a EPAP Inicial até o botão

Iniciar/Parar ser pressionado para desligar a terapia.

A ativação do acesso do paciente ao recurso Decréscimo é feita através do Acesso Completo


Climate Control:

Climate Control é um sistema inteligente que controla o umidificador e a tubulação de ar aquecido

ClimateLineAir para fornecer níveis constantes e confortáveis de temperatura e umidade durante a terapia.

Projetado para evitar o ressecamento do nariz e da boca, ele mantém o ajuste de temperatura e umidade relativa enquanto você dorme. O Climate Control pode ser configurado como Auto ou

Manual e somente é disponibilizado quando ClimateLineAir e o umidificador HumidAir estiverem

conectados.Português 15

Climate Control Auto

Climate Control Auto é a configuração padrão e recomendada. Climate Control Auto foi projetado para tornar a terapia o mais fácil possível e não haver necessidade de alterar as configurações de temperatura ou umidade.

O Climate Control ajusta a saída do umidificador para manter um nível de umidade constante e confortável de 85% de umidade relativa enquanto protege contra condensação (gotículas de água na

tubulação de ar e na máscara).

Temperatura do tubo

No Climate Control Auto não há necessidade de alterar nenhuma configuração, mas se o ar na máscara estiver quente ou frio demais para o paciente, é possível ajustar a temperatura do tubo. A

Temperatura do tubo pode ser ajustada entre 16 °C e 30 °C (60 °F e 86 °F) ou desligada completamente.

O sensor de temperatura localizado na extremidade da máscara da tubulação de ar aquecido

ClimateLineAir permite que o sistema controle automaticamente a temperatura do ar fornecido ao paciente. Isso garante que a temperatura do ar fornecido ao paciente não fique abaixo da temperatura mínima configurada, assim maximizando o conforto respiratório do paciente.

Climate Control Manual

Projetado para oferecer mais flexibilidade e controle sobre as configurações, o Climate Control

Manual deixa o paciente ajustar a temperatura e a umidade na configuração mais confortável para ele.

No Climate Control Manual, a Temperatura do tubo e a Umidade podem ser ajustadas independentemente; porém, não há garantia de proteção contra condensação. Se houver condensação, primeiro tente aumentar a temperatura do tubo. Se a temperatura do ar ficar quente demais e a condensação continuar, tente reduzir a umidade.

Nível de umidade

O umidificador umedece o ar e foi projetado para tornar a terapia mais confortável. Se o paciente ficar com o nariz ou a boca seca, aumente a umidade. Se o paciente ficar com umidade na máscara, reduza a umidade.

A Umidade pode ser configurada como Desl ou entre 1 e 8, sendo que 1 é a configuração mais baixa de umidade e 8 é a mais alta. Para cada configuração do umidificador, o sistema Climate Control fornece uma quantidade constante de vapor de água ou umidade absoluta (UA) para a via respiratória superior do paciente.

Ajuste automático

O umidificador e a tubulação de ar aquecido ClimateLineAir são controlados pelo algoritmo Climate Control para fornecer umidade e temperatura constantes. O sistema se ajusta automaticamente às mudanças de:

• valores de umidade e temperatura ambiente

• fluxo devido a alterações na pressão

• fluxo devido a fuga na máscara ou na boca


Saiba como usar seu VPAP:

Retire a Camara de água do CPAP

Abra a câmara de água e encha-a com água destilada até a marca de nível máximo de água.

Não encha a câmara de água com água quente.

Feche a câmara de água e insira-a na lateral do dispositivo.

OBS: Não encha demais o reservatório de água para evitar que a água entre no dispositivo e na tubulação de ar.

Ligue o conector de energia na entrada de energia do dispositivo. Conecte uma extremidade do cabo de alimentação à unidade de alimentação e a outra extremidade à tomada de energia.

Conecte o tubo de ar firmemente à saída de ar localizada na parte posterior do dispositivo.

Conecte firmemente a extremidade livre do tubo de ar à máscara montada.

Monitoramento Remoto AirView:

O dispositivo AirCurve 10 possui comunicação por celular que pode transmitir automaticamente os dados resumidos e detalhados regularmente. Ele também possibilita alterar as configurações

remotamente (este acesso é limitado a profissionais e revendas).

O usuário pode cadastrar seu equipamento e acessar os dados através do site www.resmed.com/myair


Cartão SD:

Todo dispositivo AirCurve 10 é fornecido com um cartão SD já inserido e pronto para ser usado.

Depois que os dados forem carregados no ResScan ou no AirView por meio do leitor de cartão SD você poderá revisar e analisar os dados, assim como atualizar as configurações de terapia e transferilas para o dispositivo do paciente por meio do cartão SD.


Itens Inclusos:

O AirCurve 10 inclui o seguinte:

• Dispositivo com umidificador integrado HumidAir™

• Câmara de água

• Tubulação de ar

• Unidade de fonte de alimentação

• Bolsa de transporte

• Cartão SD (já inserido)


Especificações:

Fabricante: ResMed
Nível de Ruído: 26,6 dB (incerteza 2dB)
Garantia do fabricante: 24 meses
Registro ANVISA: 80047300521
Modos de Ventilação: CPAP, S, ST, T, iVAPS e CPA
Intervalo de pressão: S, ST, T, PAC, iVAPS: 3 a 30 cm H2O CPAP 4 a 20 cm H2O
Define pressão fixa: Sim
Define Pressão Automática: Não
Rampa: Ajustável de 0 a 45 minutos (incrementos de 5min)
Alívio de pressão: APE com Easy-Breathe
Compensa vazamento: Sim
Medidas (A x L x C): 11,6 cm x 25,5 cm x 15,0 cm
Peso: 1.248 Kg
Requisitos elétricos: 100–240 V, 50–60 Hz 1,0-1,5A | 115 V, 400 Hz 1,5A (nominal para uso em aeronave) | Saída CC: 24 V 3,75A
Consumo de energia: 53 W (57 VA) Pico: 104 W (108 VA)
Aceita bateria (acessório não incluso): Sim
Temperatura de aquecimento: 68 ºC
Proteção contra condensação: Sim
Tubo Aquecido: ClimateLine Air (opcional não incluso)
Capacidade de água: 380 ml
Câmara de água lavável: Sim
Transmissão de Dados: Cartão SD ou Nuvem(Rede de Celular)
Armazenamento de Dados: Completo (IA, IH, IAH, IAC, Fuga, LF, RERA, Pressão, Horas de uso)
Software ResScan e AirView
Contraindicações:

A terapia por pressão positiva nas vias respiratórias pode ser contraindicada em alguns pacientes com as seguintes doenças preexistentes:

• doença pulmonar bolhosa grave

• pneumotórax ou pneumomediastino

• pressão arterial patologicamente baixa, principalmente se associada à depleção do volume intravascular

• desidratação

• vazamento de líquido cerebrospinal, trauma ou cirurgia craniana recente.


Efeitos Adversos:

Caso sintam dor torácica atípica, dor de cabeça forte ou maior dificuldade de respiração, os paciente devem informar o médico que prescreveu a terapia. Uma infecção aguda no trato respiratório superior pode exigir a interrupção temporária do tratamento.

Os seguintes efeitos colaterais podem ocorrer durante o tratamento com o dispositivo:

• ressecamento do nariz, boca ou garganta

• hemorragia nasal

• inchaço

• mal-estar no ouvido ou seio nasal

• irritação nos olhos

• erupções cutâneas

Ver mais Ver menos

Descrição da Marca

A- A A+

A ResMed é uma empresa de equipamentos médicos com sede em San Diego, Califórnia. Ele fornece principalmente dispositivos médicos conectáveis ​​à nuvem para o tratamento da apnéia do sono, doença pulmonar obstrutiva crônica e outras condições respiratórias.

Ver mais Ver menos
Central de Atendimento